Serviço Residencial Terapêutico – Como Funciona

O que é Serviço Residencial Terapêutico

O Serviço Residencial Terapêutico (SRT), o qual é também chamado de residência terapêutica se trata de moradias existentes nas cidades que tem como função abrigar pessoas portadoras de deficiências mentais graves, as quais podem estar ou não internadas ou recebendo atendimento médico, por exemplo.

servico-residencial-terapeutico

É possível que apenas uma ou até 8 pessoas usem o serviço residencial terapêutico, as quais são atendidas por profissionais capacitados, além de equipe de atendimento.

Mesmo que determinado morador se mude de casa, ele deverá ser acompanhado em relação à sua saúde e bem-estar. É um programa a longo prazo, que objetiva a reabilitação de pessoas com problemas mentais.

Havia um grande estigma sobre o que fazer com pessoas que saiam de hospitais psiquiátricos, ou seja, sobre como ressocializá-las. Desse modo, a partir da década de 90, foi criado o serviço residencial terapêutico.

Onde há serviço residencial terapêutico?

Algumas cidades brasileiras contam com o serviço residencial terapêutico como:

  • Ribeirao Preto
  • Rio de Janeiro
  • Porto Alegre
  • Santos
  • São Paulo
  • Entre outras

O programa do serviço residencial terapêutico foi tão efetivo que se espalhou por diversas cidades de várias regiões brasileiras e foi incluído no Sistema Único de Saúde – SUS.

Como a ampliação do serviço residencial básico é recente, o programa ainda vem sendo aprimorado e testado, a fim de verificar se essa é uma boa alternativa para ressocializar pessoas com problemas mentais. De outro modo, o aceite dessas pessoas pela comunidade costuma infelizmente ser difícil, razão pela qual o governo precisou intervir nesse sentido.

servico-residencial-terapeutico-sus-como-funciona

Informações sobre Serviço Residencial Terapêutico

O serviço residencial terapêutico é de competência dos Estados da federação. Desse modo, para saber se há esse programa no seu Estado, você precisará entrar em contato com a Secretaria Estadual de Saúde da sua região para obter mais informações.

No entanto, é bom salientar que há mais de 300 serviços residenciais terapêuticos no Brasil, em quase 50 cidades diferentes, onde residem quase 2 mil pessoas.

Como há a expectativa de que mais de 10 mil pessoas sejam liberadas de hospitais psiquiátricos e instituições similares, há uma intenção de aumentar esse programa social.

Acontece que o programa precisa de infraestrutura, como alguém para administrar a residência, interação com a comunidade, pacientes aptos para morar junto com os demais, apoio de vizinhos, de entidades filantrópicas, bem como cuidados de saúde para essas pessoas. Ou seja, um acompanhamento mínimo é necessário para manter a qualidade de vida dessas pessoas e ajuda-las a encontrar um pouco de independência.

Como se vê, o serviço residencial terapêutico é um excelente programa do SUS e que tem um grande impacto na vida de cidadãos muitas vezes excluídos e marginalizados da sociedade. Dessa forma, a ampliação desse programa tem enorme importância para a melhora da qualidade de vida de toda a população em geral, evitando assim o preconceito e o esquecimento dessas pessoas que muitas vezes não têm culpa de terem problemas.

Leia Mais