Farmácia de Alto Custo Formulário de Cadastro, Dispensação

Farmácia de Alto Custo Cadastro

Já ouviu falar na Farmácia de Alto Custo? Esta faz parte de uma ação de assistência farmacêutica que é uma iniciativa da Secretaria de Assistência a Saúde do Ministério de Estado da Saúde (SAS/MS) e que montou um modelo de gerenciamento eficiente permitindo acesso aos medicamentos de alto custo. Saiba mais sobre este programa e como participar.

farmacia-de-alto-custo-dispensacao

Farmácia de Alto Custo Formulário de Cadastro

Caso não tenha condições de comprar um medicamento cujo médico receitou pode participar do Programa Farmácia Alto Custo. Segundo este programa, medicamentos de alto custo é aquele apresentado alto valor unitário ou devido o uso contínuo devido à doença crônica que somando torna-se caro no final das contas.

Para conseguir os medicamentos através do programa é necessário inicialmente ter Cartão Nacional de Saúde. Este pode ser obtido em qualquer Unidade de Saúde da prefeitura de sua cidade levando cópia do seu RG, CPF e comprovante de residência. Através deste cartão possibilita acelerar a marcação de consultas e os exames. Para poder retirar o medicamento, necessário ter o receituário médico e com ele se dirigir a um Posto de Saúde da Prefeitura mais próximo à sua casa com seu RG, o cartão do SUS e, é claro, a receita médica. Além da receita e documentos para cadastro na Farmácia de Alto Custo, no caso de medicamentos de alto custo, é necessário também apresentar laudo médico e realizar o pedido do medicamento. No caso destes medicamentos de alto custo são feitos em alguns postos e é necessário se informar o endereço deste posto mais próximo. É imprescindível levar as duas vias da receita médica e o laudo médico que solicita, avalia e autoriza o uso do medicamento de alto custo. Este laudo deve ser fornecido pelo médico, caso ele não forneça, o formulário deve ser solicitado na unidade de atendimento onde passou pela consulta. O laudo deve apontar a doença e seu tratamento e comprovar que há a necessidade do uso do medicamento de alto custo. No Laudo médico, o próprio médico deverá informar o código da enfermidade, indicará o número de cadastro no Conselho Regional de Medicina, carimbo e assinatura dele.

farmacia-de-alto-custo-cadastro-formulario

Tendo todos os documentos em mãos, se dirija ao posto especifico para retirada do medicamento sendo importante que solicite cópia do protocolo. O paciente será avisado sobre quando e onde retirar o medicamento. Como são medicamentos de alto custo, muitos deles não estão disponíveis, sendo necessário fazer pedido. Dependendo do medicamento, pode ser entregue mesmo dia, como pode demorar alguns dias e até meses.

Farmácia de Alto Custo Dispensação

Os medicamentos de alto custo são aqueles que podem chegar a custar R$ 15 mil; e também os medicamentos de uso contínuo que passam a ter preço elevado e a dispensação destes segue regra e critérios específicos. Os medicamentos seguem Protocolos Clínicos e Diretrizes terapêuticas e para a dispensação é necessário também que constem no Programa de Medicamentos excepcionais. E quais seriam estes medicamentos? Atualmente são cerca de 506 remédios distribuídos gratuitamente e sempre em unidades de saúde específicas. Estes medicamentos são divididos em três grupos de acordo com o tipo de doença a que se destina: básico (remédios para diabetes e hipertensão), estratégico (medicamentos para AIDS, tuberculose, hanseníase, etc.) e os medicamentos especializados (aqueles que são realmente de alto custo).

Mais informação busque nos centros de saúde do SUS da sua cidade e não fique de fora de algo que você tem direito. Saúde é um direito constitucional!

Leia Mais

Atende SPTrans – Transporte de Deficientes Físicos

O que é atende SPTrans?

O Atende SPTrans é um programa público idealizado pelo Município da Cidade de São Paulo e que é criado por lei e regulamentado por decreto.

Por intermédio do atende SPTrans é possível conseguir transporte para pessoas com mobilidade reduzida ou impossibilitada pelos meios comuns. O programa deixa a pessoa com deficiência e busca na porta de casa, garantindo assim mais comodidade e tranquilidade para esses cidadãos.

sptrans-atende

O AtendeSPTrans é realizado pela São Paulo Transporte S.A e operado por empresas locais de transporte público coletivo, além de táxis cadastrados. Quem tem algum tipo de deficiência sabe o quanto pode ser complicado se deslocar em uma grande cidade como São Paulo, que nem sempre tem infraestrutura para atender a essas pessoas.

Quem tem direito a Atende SPTrans

Tem direito a AtendeSPTrans pessoas com deficiência física, mental e intelectual, como autistas, cegos, surdos e deficientes físicos que realmente precisem de ajuda e apoio para se deslocar. O programa atende das 7h às 20h, todos os dias, salvo em feriados.

Como funciona o AtendeSPTrans?

É necessário fazer cadastro no AtendeSPTrans para aproveitar os benefícios de transporte na cidade de São Paulo. É, ainda, necessário fazer o agendamento do transporte SPTrans.

Durante os finais de semana, há programação especial de transporte, os quais são solicitados pelas entidades filantrópicas que auxiliam pessoas com deficiência, as quais pedem transportes até 10 dias antes dos eventos.

Há uma rota disponível do Atende SPTrans, o qual faz corridas de mais de 1 milhão de km todos os meses.

atende-sp-trans-quem-tem-direito-cadastro

SPAtendeTrans Telefone

Para quem precisar do auxílio de transporte, pode entrar em contato com o Atende SP Trans por meio dos canais de atendimento da prefeitura de SP, como pelo telefone 156 da prefeitura municipal para ter mais informações de funcionamento do programa.

Pessoas atendidas pelo Atende SPTrans

São atendidas pela Atende SPTrans pessoas autistas, cegas e surdas, deficientes físicas, problemas de rim, câncer, AIDS, obesos mórbidos, bem como outras que não conseguirem se deslocar sozinhas pela cidade.

Como se sabe, até mesmo por conta da lotação das cidades, onde nem sempre se encontram as melhores condições para pessoas com deficiência, optar por transporte específico e que possa atender às necessidades de pessoas com algum tipo de deficiência é muito mais seguro e prático.

Dessa forma, o SP Trans Atende é um programa que ajuda milhares de pessoas todos os dias, a fim de trazer mais normalidade e convivência social, bem como trazer um pouco mais de igualdade a esses cidadãos.

Caso você tenha ficado com dúvidas e more em São Paulo, não deixe de contatar o SPTrans. O programa também pode ser usado por pessoas que estejam fazendo tratamentos na cidade, por exemplo, e que precisem de transporte durante esse período.

Ligue para a central 156 da prefeitura de são Paulo para obter outras informações sobre agendamento Atende SPTrans, rotas, horários, como funciona, o que precisa para fazer o cadastro, dentre outros.

Leia Mais

Vale Mais Saúde – Cadastro, Lista de Medicamentos

Programa Vale Mais Saúde

O Vale Mais Saúde ou VMS é um programa em que a população em geral pode aderir ao tratamento oferecido pela farmacêutica Novartis. O programa existe há quase uma década e qualquer pessoa que precisar de prescrição médica de medicamento produzido por essa empresa pode se cadastrar e fazer parte do Vale Mais Saúde.

vale-mais-saude-novartis

Vale Mais Saúde Cadastro

Quem se cadastrar no Vale Mais Saúde terá descontos em vários medicamentos. O Vale Mais Saúde está presente em mais de 1200 cidades do Brasil e beneficiam milhares de pessoas, pois tem parceria com mais de 20 mil pontos cadastrados de venda.

O Vale Mais Saúde tem como objetivo ajudar pessoas com doenças consideradas crônicas a economizarem mais com seus medicamentos bem como a dar sugestões de dieta e de estilo de vida.

Para quem se cadastrar no Vale Mais Saúde vai receber a diversos materiais informativos sobre a doença para qual se trata, além de dicas de bons hábitos para se ter mais saúde bem como da prática de atividades físicas.

Como se cadastrar Vale Mais Saúde

Se você tem dúvidas como fazer cadastro Vale Mais Saúde acompanhe o procedimento a seguir.

Para fazer cadastro no programa Vale Mais Saúde é preciso que você tenha a receita de seu medicamento devidamente emitida pelo seu médico ou seja deverá constar o cadastro Regional de Medicina do seu médico além do número do seu CPF e seu endereço completo bem como a data do seu nascimento.

Isso poderá ser feito no site Vale Mais Saúde. com.br.

O cadastro é bem simples e a tutorial no site do Vale Mais Saúde ensinando a fazer o cadastro.

Assim que você receber a confirmação do cadastro, depois de preencher os dados pessoais solicitados, poderá utilizar todos os benefícios que o programa disponibilizará para auxiliar em seu tratamento médico a fim de lhe dar maior qualidade de vida.

vale-mais-saude-medicamentos-cadastro

Cartão Vale Mais Saúde

Quando você finalizar o  seu cadastro, o cartão Vale Mais Saúde chegará pelo endereço indicado por você via correio no conforto da sua casa. O prazo para que o cartão Vale Mais Saúde seja emitido é de até 45 dias.

Há inúmeras farmácias credenciadas no programa Vale Mais Saúde, onde você pode adquirir medicamentos mais baratos.

Lista de medicamentos Vale Mais Saúde

Por questões de vedação e de ética profissional de médicos e farmacêuticos, o programa Vale Mais Saúde não divulga os medicamentos que fazem parte do programa.

Desse modo caso você utilize algum medicamento da Novartis, pergunte ao seu médico se ele faz parte do programa Vale Mais Saúde. Ele é o único que poderá lhe informar com precisão a respeito dos medicamentos que integram o programa Vale Mais Saúde.

Telefone Vale Mais Saúde

Se você já pediu o seu cartão Vale Mais Saúde mas ainda não o recebeu pelo correio deve entrar em contato com a central de atendimento Vale Mais Saúde por meio do telefone 0800 8883003.

Leia Mais

Cartão SUS – Emissão, Consulta, Imprimir, 2 Via

Consulta Número Cartão SUS pelo CPF

Para aquele que não sabe o Cartão do SUS é um cartão magnético que foi criado para facilitar a vida do brasileiro que sofre de alguma doença ou precisa ir ao médico, para aqueles que não possuem condições de pagar um médico decente o SUS é o meio principal para conseguirem um agendamento e consultas.

cartao-sus-emissao

Emissão Cartão SUS

Para você emitir um cartão do SUS você só precisa ir até em um posto de saúde perto de sua casa, levando seus documentos pessoais, sendo eles o RG, CPF, a certidão de nascimento ou casamento e também – caso você possuir – o número do seu PIS/PASEP.

O funcionário dessa unidade vai em poucos minutos registrar você no sistema, que é o Cadweb. É muito simples e somente é feito em hospitais, em clinicas e nos postos de saúde, ou até mesmo em locais que a secretária de saúde de seu município autorizar. Esse cartão do SUS é emitido gratuitamente, por conta disso não aceite dar dinheiro a ninguém para que ele(a) faça seu cadastro.

Quando sua inscrição do cartão do SUS for emitida, será entregue para você o cartão e o número, esse número do SUSé único, ou seja, ele vai pertence a você e somente a você, ele não vai servir, por exemplo, para seu filho ou irmão, e por meio dele você poderá ser atendido nas mais diversas unidades de saúde e postos a serviço do SUS por todo o Brasil.

A emissão do cartão do SUS é entregue no mesmo dia, e nenhum dos seus documentos deverá permanecer com o funcionário (a) que realizou o seu cadastro no SUS.

Se você quiser você pode realizar um pré-cadastro ao SUS através do site do Cartão do SUS online, para realizar essa inscrição você terá que ir até o Portal de Saúde do Cidadão e solicitar seu pré-cadastro a emissão do SUS.

Essa função também é gratuita, mas saiba que para a documentação valer você deve buscar a confirmação do protocolo utilizando as informações estabelecidas pelo site.

Quando você tiver na página você vai precisar preencher os campos com seu nome completo, o número de seu CPF, o nome completo de sua mãe, a data de nascimento e a cidade que você nasceu, com tudo isso preenchido você deve informar a imagem do código de verificação e depois clicar em “Cadastrar”.

Esse código de verificação é realizado aleatoriamente, então não adianta você querer saber qual é o código, é gerado um novo a cada vez que é visitado.

cartao-sus-imprimir-2-via-consulta

 

Imprimir 2 Via do Cartão SUS

Com a conclusão do processo de emissão do Cartão do SUS você terá que anotar, ou imprimir, o número de protocolo. Saiba que você terá um prazo de 90 dias para validar esse protocolo de cadastro ao SUS, para fazer basta você ir em uma unidade hospitalar e solicitar a um dos agendes que trabalham no SUS a validação do cartão do SUS.

Saiba que será necessário levar o número de protocolo e seus documentos para realizar esse cadastramento. Caso você já tenha o cadastro no Cartão SUS e deseja imprimir a segunda via do cartão SUS, poderá fazer em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/secretarias/sgep/cartao-nacional-de-saude

Leia Mais

Renovação Farmácia Popular – Renovar Cadastro

Farmácia Popular Renovação de Cadastro

Um dos pilares de um bom governo é aquele que atende as principais demandas do povo como saúde, educação, por exemplo. O governo brasileiro para atender um destes pilares tem o programa Farmácia Popular e que disponibiliza medicamentos mediante redução do seu valor. Esses medicamentos são disponibilizados nas farmácias privadas do país, mas, não em todas, mas naquelas que possuem cadastro no programa. E as que têm precisam renovar o cadastro do Farmácia Popular. Saiba mais sobre o programa e demais detalhes para participar.

renovacao-farmacia-popular

O programa Farmácia Popular é um programa que amplia o acesso da população aos principais medicamentos essenciais para o tratamento de doenças que são de maior incidência no país, como a diabetes, hipertensão entre outras. Estes medicamentos ficam disponíveis em farmácias particulares com valores de até 90% menores que o praticado no mercado.

O Farmácia popular atende aquela população que tem mais dificuldade de ter acesso a alguns remédios e por isso, dificuldade em manter o seu tratamento de saúde. Além da redução do valor do medicamento, alguns são disponibilizados de forma gratuita e isso ocorre desde 2011, que disponibiliza alguns medicamentos para hipertensão, diabetes e asmas de forma totalmente gratuita. Na época, a iniciativa fez parte de uma campanha chamada “Saúde não tem preço” e naquele momento todas as farmácias que possuíssem o credenciamento “Aqui tem farmácia popular” seriam obrigadas desde então disponibilizar estes medicamentos gratuitos do Farmácia Popular e outros com o valor reduzido. Entre os medicamentos distribuídos gratuitamente estão os de asma como: sulfato de sabultamol, brometo de Ipratrópio e Diproprionato de Beclometasona e outros com o mesmo princípio ativo. Além dos medicamentos de hipertensão, diabetes e os contraceptivos e de asma, oferece outros itens na Farmácia popular como fraldas geriátricas (com preços reduzidos em até 90%), remédios para tratamento de rinite, osteoporose e glaucoma e mal de Parkinson.

Renovação de Cadastro Farmácia Popular

As farmácias que ainda não tem cadastro no Farmácia Popular devem fazer um pré-cadastro no site da Caixa Econômica em “Programas Sociais” e informar todos os dados neste pré-cadastro. Em período determinado pelo Ministério da Saúde, fazer o cadastro por meio de link enviado por e-mail (aquele cadastrado no pré-cadastro). Concluído o cadastro, deve-se entregar a documentação que será informada por e-mail e que devem ser encaminhados à Caixa Federal em até 30 dias. Quando realizar a validação do cadastro e a assinatura do requerimento e termo de adesão da Caixa, o estabelecimento recebe por e-mail uma mensagem que informa outra relação de documento que agora deverão ser encaminhados ao Ministério da Saúde, Após este envio é necessário aguardar a análise da documentação. Após esta análise o Ministério da Saúde publicará em Diário Oficial o credenciamento das farmácias aprovadas.

farmacia-popular-renovacao-cadastro

Além do cadastro, a farmácia que ainda tem que fazer a renovação do cadastro da Farmácia Popular, que, assim como o cadastro, é realizado dentro de um período determinado pelo Ministério da Saúde. Este ano foi determinado como período de renovação do cadastro, até dentro deste período é necessário fazer a renovação do credenciamento.

O responsável legal da farmácia ou alguém autorizado deverá acessar o site da Caixa no endereço www.caixa.gox.br/farmaciapopular, acessar o Sistema da Farmácia Popular com sua identificação no sistema e realizar a atualização do cadastro Farmácia Popular. Quem não tem esta identificação ou por algum motivo não está conseguindo o acesso, deverá ir a uma agência da Caixa onde está p cadastro da farmácia e rever todos os procedimentos de cadastro.

Leia Mais

Cadastro Farmácia Popular

Como se cadastrar no Programa Farmácia Popular

É muito importante o cadastro de farmácias e drogarias privadas no programa Farmácia Popular do Brasil, para que cada vez mais esses medicamentos gratuitos cheguem à população que necessita. Confira como realizar o cadastro de sua farmácia ou drogaria no programa e seja um dos parceiros do Governo na qualidade de vida de seu povo.

Cadastro-Farmacia-popular-300x195

Farmácia Popular Cadastro – O programa Farmácia Popular do Brasil foi desenvolvido pelo Governo Federal com o objetivo de que a população tivesse mais facilidade no acesso a medicamentos que são considerados fundamentais, como os medicamentos dedicados às doenças mais comuns como, por exemplo, a diabetes. Esses medicamentos são oferecidos a baixo custo. O Programa Farmácia Popular trabalha com dois eixos de ação, que são as suas UNIDADES PRÓPRIAS, e que tem Municípios e Estados como parceiras de seu desenvolvimento, e o SISTEMA DE CO-PAGAMENTO, tendo como parceiros de seu desenvolvimento drogarias e farmácias privadas. As farmácias e drogaria privadas que desejem fazer essa parceria com o programa Farmácia Popular, devem realizar um cadastro para que seja regulamentada dentro do programa.

Apesar de grande parte dos municípios brasileiros possuírem uma Unidade Própria da Farmácia Popular do Brasil, muitos outros não possuem e esses não podem ficar de fora das vantagens que o programa oferece. Por isso, cada vez mais farmácias privadas buscam ser parceiras através do cadastro no Farmácia Popular, para que a população das cidades menores sejam atendidas com igualdade, assim como as de cidades maiores.

As farmácias e drogarias privadas que desejem fazer cadastro no programa Farmácia Popular do Brasil, devem seguir o seguinte regulamento:

Acessar endereço do site da caixa pelo link: www.caixa.com.br/farmaciapopular;

Realizar um pré-cadastro;

Fazer cadastro da farmácia/drogaria através do link que receberá por e-mail, após o pre-cadastro;

Entregar toda a documentação exigida na Caixa;

Depois de ter concluído o cadastro no site, você vai receber outro e-mail que deverá informar quais documentos terão de ser encaminhados a uma agência da Caixa, no prazo de 30 dias.

Vale muito a pena participar do programa porque ele tem o intuito de atender a população de baixa renda que faz o uso de medicamentos contínuos para pressão e também para diabetes. É uma forma que o governo federal junto com o ministério da saúde viu de melhor atender e proporcionar qualidade de vida às pessoas de baixa renda.

Muitas famílias de baixa renda comprometem até 12% da renda mensal somente com remédio, com certeza será uma economia muito grande para as famílias humildes. Saiba mais e não deixe de procurar uma farmácia conveniada mais próxima para você poder adquirir os seus medicamentos.

Depois disso, a Caixa dará todos os detalhes de que precisa para que o cadastro seja concluído. Será publicado no Diário Oficial da União, pelo Ministério da Saúde, o cadastro oficial de sua farmácia no programa Farmácia Popular do Brasil.

Leia Mais

Farmácia Popular Como Funciona

Como Funciona o Farmácia Popular

Sabe o que é Farmácia Popular? Este é um programa do governo federal que é desenvolvido em parceria com as prefeituras municipais. As prefeituras municipais recebem uma verba do Ministério da Saúde para montar a estrutura física da farmácia, confira como funciona o farmácia popular e como você pode comprar medicamentos com descontos incríveis.

farmacia-popular-como-funciona

O ministério da saúde ainda oferece a estrutura e também a possibilidade da prefeitura municipal contratar funcionários para estas farmácias que tem como funções o atendimento e também farmacêuticos.

Objetivo deste programa do ministério público é ampliar o acesso da população aos medicamentos, pelo menos os mais essenciais         a preços bem reduzidos. Os medicamentos são adquiridos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em laboratórios farmacêuticos públicos ou também os laboratórios do setor privado.

Quer saber como funciona o Farmácia Popular? Para ter acesso gratuito aos medicamentos do Farmácia Popular ou com preços reduzidos, basta que o usuário apresente seu CPF, um documento com foto e a receita médica válida (validade de 120 dias) em qualquer um dos estabelecimentos credenciados para farmácia popular, não só unidades físicas da farmácia popular, mas também estabelecimentos comerciais privados credenciados neste programa que tem a inscrição “Aqui tem Farmácia Popular”.

Pelo site http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=30296 consulte os estabelecimentos credenciados em todo o Brasil, clicando no mapa mostrado na página e pesquise lá os estabelecimentos. Também se pode conferir no link: Lista de Medicamentos do Farmácia Popular os remédios que fazem parte do programa.   Os medicamentos estão divididos de acordo com algumas patologias que são procurados, como remédios para hipertensão, diabetes, anticoncepcionais, medicamentos de asma e até fraldas geriátricas.

Embora seja um programa válido ainda mais para pessoas com doenças crônicas este programa recebe muitas críticas devido à maioria dos medicamentos da farmácia popular ser vendidos o que deveria ser um garantia constitucional do cidadão o acesso aos medicamentos que deveriam ser distribuídos gratuitamente. A maioria dos medicamentos da farmácia popular está disponível em redes de farmácias privadas, sendo as farmácias populares públicas poucas unidades e muitas a maioria da população não tem acesso (pois são poucas unidades espalhadas pelo Brasil).

O programa Farmácia Popular funciona da seguinte maneira: o usuário vai a unidades próprias do programa tem atendimento personalizado que tem centenas de medicamentos os quais são dispensados seu valor de custo tendo uma redução no valor de 90% em relação ao valor que seria vendido em uma farmácia e drogaria privada. A única condição é que a pessoa deve apresentar a receita médica. Já nas farmácias privadas, o governo paga boa parte do medicamento e o cidadão paga o restante e o indivíduo deve apresentar a receita médica acompanhada de seu CPF. Mais informações não deixem de ver os links acima e também procure uma farmácia popular mais próxima.

Leia Mais