Renovação Farmácia Popular – Renovar Cadastro

Farmácia Popular Renovação de Cadastro

Um dos pilares de um bom governo é aquele que atende as principais demandas do povo como saúde, educação, por exemplo. O governo brasileiro para atender um destes pilares tem o programa Farmácia Popular e que disponibiliza medicamentos mediante redução do seu valor. Esses medicamentos são disponibilizados nas farmácias privadas do país, mas, não em todas, mas naquelas que possuem cadastro no programa. E as que têm precisam renovar o cadastro do Farmácia Popular. Saiba mais sobre o programa e demais detalhes para participar.

renovacao-farmacia-popular

O programa Farmácia Popular é um programa que amplia o acesso da população aos principais medicamentos essenciais para o tratamento de doenças que são de maior incidência no país, como a diabetes, hipertensão entre outras. Estes medicamentos ficam disponíveis em farmácias particulares com valores de até 90% menores que o praticado no mercado.

O Farmácia popular atende aquela população que tem mais dificuldade de ter acesso a alguns remédios e por isso, dificuldade em manter o seu tratamento de saúde. Além da redução do valor do medicamento, alguns são disponibilizados de forma gratuita e isso ocorre desde 2011, que disponibiliza alguns medicamentos para hipertensão, diabetes e asmas de forma totalmente gratuita. Na época, a iniciativa fez parte de uma campanha chamada “Saúde não tem preço” e naquele momento todas as farmácias que possuíssem o credenciamento “Aqui tem farmácia popular” seriam obrigadas desde então disponibilizar estes medicamentos gratuitos do Farmácia Popular e outros com o valor reduzido. Entre os medicamentos distribuídos gratuitamente estão os de asma como: sulfato de sabultamol, brometo de Ipratrópio e Diproprionato de Beclometasona e outros com o mesmo princípio ativo. Além dos medicamentos de hipertensão, diabetes e os contraceptivos e de asma, oferece outros itens na Farmácia popular como fraldas geriátricas (com preços reduzidos em até 90%), remédios para tratamento de rinite, osteoporose e glaucoma e mal de Parkinson.

Renovação de Cadastro Farmácia Popular

As farmácias que ainda não tem cadastro no Farmácia Popular devem fazer um pré-cadastro no site da Caixa Econômica em “Programas Sociais” e informar todos os dados neste pré-cadastro. Em período determinado pelo Ministério da Saúde, fazer o cadastro por meio de link enviado por e-mail (aquele cadastrado no pré-cadastro). Concluído o cadastro, deve-se entregar a documentação que será informada por e-mail e que devem ser encaminhados à Caixa Federal em até 30 dias. Quando realizar a validação do cadastro e a assinatura do requerimento e termo de adesão da Caixa, o estabelecimento recebe por e-mail uma mensagem que informa outra relação de documento que agora deverão ser encaminhados ao Ministério da Saúde, Após este envio é necessário aguardar a análise da documentação. Após esta análise o Ministério da Saúde publicará em Diário Oficial o credenciamento das farmácias aprovadas.

farmacia-popular-renovacao-cadastro

Além do cadastro, a farmácia que ainda tem que fazer a renovação do cadastro da Farmácia Popular, que, assim como o cadastro, é realizado dentro de um período determinado pelo Ministério da Saúde. Este ano foi determinado como período de renovação do cadastro, até dentro deste período é necessário fazer a renovação do credenciamento.

O responsável legal da farmácia ou alguém autorizado deverá acessar o site da Caixa no endereço www.caixa.gox.br/farmaciapopular, acessar o Sistema da Farmácia Popular com sua identificação no sistema e realizar a atualização do cadastro Farmácia Popular. Quem não tem esta identificação ou por algum motivo não está conseguindo o acesso, deverá ir a uma agência da Caixa onde está p cadastro da farmácia e rever todos os procedimentos de cadastro.

Leia Mais

Farmácia Popular – Preços dos Remédios

Preços dos Remédios do Programa Farmácia Popular

Informações de como funciona o programa Farmácia Popular, os preços dos medicamentos oferecidos e como você pode adquiri-los visitando um estabelecimento Farmácia Popular ou um de seus conveniados.

Farmacia-Popular-300x233

O Programa Farmácia Popular do Brasil beneficia os cidadãos brasileiros oferecendo medicamentos com preços baixos em milhares de estabelecimentos pelo País. Mas muitas pessoas não sabem como funciona o programa nem como adquirir os remédios.

O programa Farmácia Popular foi criado pelo Governo Federal em 2004 para beneficiar os cidadãos que compram remédios mensalmente para manter o tratamento das doenças que são mais comuns ente eles. Na Farmácia Popular os preços dos remédios são bem mais baixos do que nas drogarias de redes privadas, o que ajuda bastante quem necessita desses medicamentos.

Para que esse beneficio chegue a todos os cidadãos brasileiros, o Programa Farmácia Popular possui sua rede própria de estabelecimentos farmacêuticos, que se encontra hoje em muitos dos municípios do país. Apesar disso, o Programa firma parceria com outras farmácias e drogarias que fazem parte da rede privada, para que essas dêem desconto também nos medicamentos da lista do Programa. Essas farmácias possuem um banner  em seus estabelecimentos com a mensagem: “Aqui tem Farmácia Popular”.

A Farmácia Popular, atualmente, disponibiliza cerca de 108 medicamentos para a população que contam com preços que podem chegar até 90% de desconto, comparando-se com os preços que drogaria e farmácias privadas oferecem. Basta que o cidadão apresente a receita médica em um dos estabelecimentos da Farmácia Popular ou parceiros do Programa para que solicite os medicamentos.

O objetivo deste programa é garantir as pessoas que possuem doenças crônicas um tratamento contínuo, com isso ele vai trazer medicamentos para hipertensão e diabetes nas farmácias populares. Tudo isso sempre focando em melhor atender a população de baixa renda que não têm condições financeiras de pagar por medicação todo mês.

Confira agora alguns medicamentos que o Programa disponibiliza e seus preços:

O medicamento Aciclovir, por exemplo, custa R$54,00 em uma farmácia convencional. Na Farmácia Popular e farmácias vinculadas ao Programa ele sai por R$7,00.

O ácido fólico, que é um medicamento voltado para mulheres em período de gestação, custa um pouco mais que R$4,00 contendo 10 comprimidos, já na Farmácia Popular custa apena R$0,54.

O sulfato ferroso, que é usado principalmente para tratamento de anemia vai custar mais de R$ 7,00 nas drogarias convencionais, enquanto que nas drogarias da Farmácia Popular custará R$ 0,80.

Para conhecer a lista de medicamentos que constam no Programa Farmácia Popular e se informar sobre o endereço de uma farmácia popular próximo de você, acesse a página do site do Ministério da Saúde, clicando nesse endereço: http://portal.saude.gov.br ou você ligar gratuitamente para o telefone de atendimento da Farmácia Popular que é 0800 61 1997.

Leia Mais

Cadastro Farmácia Popular

Como se cadastrar no Programa Farmácia Popular

É muito importante o cadastro de farmácias e drogarias privadas no programa Farmácia Popular do Brasil, para que cada vez mais esses medicamentos gratuitos cheguem à população que necessita. Confira como realizar o cadastro de sua farmácia ou drogaria no programa e seja um dos parceiros do Governo na qualidade de vida de seu povo.

Cadastro-Farmacia-popular-300x195

Farmácia Popular Cadastro – O programa Farmácia Popular do Brasil foi desenvolvido pelo Governo Federal com o objetivo de que a população tivesse mais facilidade no acesso a medicamentos que são considerados fundamentais, como os medicamentos dedicados às doenças mais comuns como, por exemplo, a diabetes. Esses medicamentos são oferecidos a baixo custo. O Programa Farmácia Popular trabalha com dois eixos de ação, que são as suas UNIDADES PRÓPRIAS, e que tem Municípios e Estados como parceiras de seu desenvolvimento, e o SISTEMA DE CO-PAGAMENTO, tendo como parceiros de seu desenvolvimento drogarias e farmácias privadas. As farmácias e drogaria privadas que desejem fazer essa parceria com o programa Farmácia Popular, devem realizar um cadastro para que seja regulamentada dentro do programa.

Apesar de grande parte dos municípios brasileiros possuírem uma Unidade Própria da Farmácia Popular do Brasil, muitos outros não possuem e esses não podem ficar de fora das vantagens que o programa oferece. Por isso, cada vez mais farmácias privadas buscam ser parceiras através do cadastro no Farmácia Popular, para que a população das cidades menores sejam atendidas com igualdade, assim como as de cidades maiores.

As farmácias e drogarias privadas que desejem fazer cadastro no programa Farmácia Popular do Brasil, devem seguir o seguinte regulamento:

Acessar endereço do site da caixa pelo link: www.caixa.com.br/farmaciapopular;

Realizar um pré-cadastro;

Fazer cadastro da farmácia/drogaria através do link que receberá por e-mail, após o pre-cadastro;

Entregar toda a documentação exigida na Caixa;

Depois de ter concluído o cadastro no site, você vai receber outro e-mail que deverá informar quais documentos terão de ser encaminhados a uma agência da Caixa, no prazo de 30 dias.

Vale muito a pena participar do programa porque ele tem o intuito de atender a população de baixa renda que faz o uso de medicamentos contínuos para pressão e também para diabetes. É uma forma que o governo federal junto com o ministério da saúde viu de melhor atender e proporcionar qualidade de vida às pessoas de baixa renda.

Muitas famílias de baixa renda comprometem até 12% da renda mensal somente com remédio, com certeza será uma economia muito grande para as famílias humildes. Saiba mais e não deixe de procurar uma farmácia conveniada mais próxima para você poder adquirir os seus medicamentos.

Depois disso, a Caixa dará todos os detalhes de que precisa para que o cadastro seja concluído. Será publicado no Diário Oficial da União, pelo Ministério da Saúde, o cadastro oficial de sua farmácia no programa Farmácia Popular do Brasil.

Leia Mais

Farmácia Popular Como Funciona

Como Funciona o Farmácia Popular

Sabe o que é Farmácia Popular? Este é um programa do governo federal que é desenvolvido em parceria com as prefeituras municipais. As prefeituras municipais recebem uma verba do Ministério da Saúde para montar a estrutura física da farmácia, confira como funciona o farmácia popular e como você pode comprar medicamentos com descontos incríveis.

farmacia-popular-como-funciona

O ministério da saúde ainda oferece a estrutura e também a possibilidade da prefeitura municipal contratar funcionários para estas farmácias que tem como funções o atendimento e também farmacêuticos.

Objetivo deste programa do ministério público é ampliar o acesso da população aos medicamentos, pelo menos os mais essenciais         a preços bem reduzidos. Os medicamentos são adquiridos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em laboratórios farmacêuticos públicos ou também os laboratórios do setor privado.

Quer saber como funciona o Farmácia Popular? Para ter acesso gratuito aos medicamentos do Farmácia Popular ou com preços reduzidos, basta que o usuário apresente seu CPF, um documento com foto e a receita médica válida (validade de 120 dias) em qualquer um dos estabelecimentos credenciados para farmácia popular, não só unidades físicas da farmácia popular, mas também estabelecimentos comerciais privados credenciados neste programa que tem a inscrição “Aqui tem Farmácia Popular”.

Pelo site http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=30296 consulte os estabelecimentos credenciados em todo o Brasil, clicando no mapa mostrado na página e pesquise lá os estabelecimentos. Também se pode conferir no link: Lista de Medicamentos do Farmácia Popular os remédios que fazem parte do programa.   Os medicamentos estão divididos de acordo com algumas patologias que são procurados, como remédios para hipertensão, diabetes, anticoncepcionais, medicamentos de asma e até fraldas geriátricas.

Embora seja um programa válido ainda mais para pessoas com doenças crônicas este programa recebe muitas críticas devido à maioria dos medicamentos da farmácia popular ser vendidos o que deveria ser um garantia constitucional do cidadão o acesso aos medicamentos que deveriam ser distribuídos gratuitamente. A maioria dos medicamentos da farmácia popular está disponível em redes de farmácias privadas, sendo as farmácias populares públicas poucas unidades e muitas a maioria da população não tem acesso (pois são poucas unidades espalhadas pelo Brasil).

O programa Farmácia Popular funciona da seguinte maneira: o usuário vai a unidades próprias do programa tem atendimento personalizado que tem centenas de medicamentos os quais são dispensados seu valor de custo tendo uma redução no valor de 90% em relação ao valor que seria vendido em uma farmácia e drogaria privada. A única condição é que a pessoa deve apresentar a receita médica. Já nas farmácias privadas, o governo paga boa parte do medicamento e o cidadão paga o restante e o indivíduo deve apresentar a receita médica acompanhada de seu CPF. Mais informações não deixem de ver os links acima e também procure uma farmácia popular mais próxima.

Leia Mais

Farmácia Popular – Medicamentos

Lista de Medicamentos do Farmácia Popular

Farmacia-Popular-Medicamentos-300x214

O Programa Farmácia Popular foi desenvolvido pelo Governo Federal Brasileiro e tem parceria com governos de estados, de municípios e com estabelecimentos e entidades que pertencem ao setor privado e é considerado um sucesso devido o oferecimentos de medicamentos mais baratos para a população que sofre de doenças crônicas cujo tratamento necessitam do uso diário de remédios.

Os medicamentos inclusos no Programa Farmácia Popular são vendidos nos estabelecimentos da Rede Farmácia Popular e Rede de farmácias vinculadas ao Programa com descontos que chegam até 90% em cada remédio. A lista oficial dos medicamentos disponíveis contava desde o início do programa com 108 medicamentos, mas em maio de 2011 foram incluídos mais cinco medicamentos ampliando o benefício à população que necessita desses remédios para seus tratamentos.

O objetivo desse programa é permitir que os cidadão brasileiros tenham fácil acesso a medicamentos de doenças comuns como diabetes, colesterol, hipertensão, dislipidemia, rinite, asma, glaucoma, osteoporose, doença de Parkinson, como também anticoncepcionais e até fraldas geriátricas, podendo todos ser adquiridos bem mais baratos do que no mercado tradicional. Muitas vezes, alguns desses medicamentos podem ser adquiridos até de graça, como é o caso do benefício que é concedido para os que sofrem de diabetes e hipertensão.

Os novos cinco medicamentos que integram a lista da farmácia popular neste ano foram:

Loratadina, que é um antialérgico;

Losartana potássica, que atua contra a hipertensão arterial;

Fluoxetina, que é um antidepressivo;

Alendronato de sódio, que é indicado para osteoporose;

Clonazepan (que é um ansiolítico).

Desses citados, vale lembrar que o losartana potássica é gratuito, junto dos 12 medicamentos para diabetes e hipertensão, que integram a ação Saúde Não Tem Preço, desde fevereiro de 2011. Os outros quatro da lista seguem a norma dos itens que tem 90% de desconto.

Veja a lista de medicamentos do Farmácia Popular

MEDICAMENTO / CORRELATO APRESENTAÇÃO UNIDADE DE CADASTRO PREÇO DE DISPENSAÇÃO (R$)
Acetato de medroxiprogesterona 150 mg/mL Ampola 1,24
Aciclovir 200mg/comp. Comprimido 0,28
Ácido Acetilsalicílico 500mg/comp. Comprimido 0,035
Ácido Acetilsalicílico 100mg/comp. Comprimido 0,03
Ácido Fólico 5mg/comp. Comprimido 0,054
Albendazol 400mg/comp. mastigável Comprimido 0,56
Alendronato de Sódio 70 mg/comp. Comprimido 0,37
Alopurinol 100mg/comp. Comprimido 0,08
Amiodarona 200mg/comp. Comprimido 0,2
Amitriptilina(Cloridrato) 25mg/comp. Comprimido 0,22
Amoxicilina 500mg/cáps. Cápsula 0,19
Amoxicilina 250mg/5mL/pó p/susp. oral Frasco 60 mL 1,96
Amoxicilina 250mg/5mL/pó p/susp. oral Frasco 150 mL 4,9
Atenolol 25mg/comp. Comprimido 0
Azatioprina 50mg/comp. Comprimido 1,4
Azitromicina 500mg/comp. Comprimido 2,64
Benzilpenicilina Benzatina 1.200.000ui/pó p/sus. inj. Frasco-ampola 1,5
Benzilpenicilina Procaína+Potássica 300.000+100.000ui/pó/sus. inj. Frasco-ampola 1,5
Benzoato de Benzila 200mg/mL/emulsão Frasco 100 mL 1,4
Benzoato de Benzila 200mg/mL/emulsão Frasco 60 mL 1,1
Biperideno 2mg/comp. Comprimido 0,073
Brometo de n-butilescopolamina 10 mg/frasco frasco de 20 mL 3,9
Carbamazepina 200mg/comp. Comprimido 0,13
Carbidopa + Levodopa 25mg + 250mg/comp. Comprimido 0,48
Cefalexina(Cloridrato ou Sal Sódico) 500mg/cáps. Cápsula 0,4
Cefalexina(Cloridrato ou Sal Sódico) 250mg/5mL/susp. oral Frasco 60 mL 4,96
Cefalexina(Cloridrato ou Sal Sódico) 250mg/5mL/susp. oral Frasco 125 mL 10
Cetoconazol 200mg/comp. Comprimido 0,23
Captopril 25mg/comp. Sulcado Comprimido 0
Ciprofloxacino 500mg/comp. Comprimido 0,38
Clonazepam 2mg/comp Comprimido 0,06
Cloreto de Potássio 60mg/mL/xpe. Frasco 100 mL 1,88
Cloreto de Sódio 0,9% 9mg/mL/sol. nasal Frasco 0,95
Clorpromazina 25mg/comp. Comprimido 0,1
Clorpromazina 100mg/comp. Comprimido 0,125
Dexametazona Crem.0,1% Tubo 1
Dexclorfeniramina(Maleato) 2mg/comp. Comprimido 0,06
Dexclorfeniramina(Maleato) 0,4mg/sol. Oral Frasco 120 mL 2,07
Diazepam 5mg/comp.sulcado Comprimido 0,04
Diazepam 10mg/comp.sulcado Comprimido 0,08
Digoxina 0,25mg/comp. Comprimido 0,06
Dipirona 500mg/mL gts Frasco 10 mL 0,7
Doxiciclina 100mg/comp. Comprimido 0,38
Enalapril 10mg/comp. Comprimido 0
Enalapril 20mg/comp. Comprimido 0
Enantato de Noretisterona+Valerato de Estradiol 50mg+5mg/injetável Seringa 1 mL 1,13
Eritromicina(Estearato ou Etilsuccinato) 125mg/5mL/susp. oral Frasco 60 mL 2,3
Eritromicina(Estearato ou Etilsuccinato) 500mg/comp./cáps. Comprimido 0,54
Etinilestradiol+Levonorgestrel 0,03mg+0,15mg/comp Cartela c/ 21 cápsulas 0,42
Fenitoína 100mg/comp. compimido 0,1
Fenobarbital 100mg/comp. Comprimido 0,06
Fluconazol 100mg/rev. Cápsula 0,95
Fluconazol 150mg/rev. Cápsula 0,95
Fluoxetina 20mg/comp. Comprimido 0,06
Fosfato de Oseltamivir 75mg/comp comprimido Gratuito
Furosemida 40mg/comp. Comprimido 0
Glibenclamida 5mg/comp. Comprimido 0
Haloperidol 1mg/comp. Comprimido 0,08
Haloperidol 5mg/comp. Comprimido 0,12
Haloperidol 2mg/mL/sol. oral Frasco 20 mL 1,94
Hidroclorotiazida 25mg/comp. Comprimido 0
Ibuprofeno 300mg/comp. Comprimido 0,16
Levonorgestrel 0,75mg/comp. Comprimido 3,47
Loratadina 10mg/comp. Comprimido 0,05
Losartana 50mg/comp. Comprimido 0
Mebendazol 100mg/comp. Comprimido 0,05
Mebendazol 100mg/5mL/sup. Oral Frasco 30 mL 1,1
Metformina 500mg/comp. Comprimido 0
Metformina 850mg/comp. Comprimido 0
Metildopa 250mg/comp.rev Comprimido 0
Metildopa 500mg/comp.rev Comprimido 0
Metoclopramida (Cloridrato) 10mg/comp. Comprimido 0,04
Metoclopramida (Cloridrato) 4mg/mL/sol.oral Frasco 10 mL 0,75
Metronidazol 250mg/comp. Comprimido 0,1
Metronidazol 5% creme vaginal Tubo 50 gramas 2,15
Metronidazol (Benzoato) 200mg/5mL/susp. oral Frasco 100 mL 2,4
Miconazol (Nitrato) 2%/locão Frasco 30 mL 1,86
Miconazol (Nitrato) 2%/pó Frasco 30 mL 4,95
Monitrato de Isossorbida 20mg/comp. Comprimido 0,1
Neomicina (Sulfato) + Bacitracina (Zíncica) 5mg + 250ui/g/pom. Tubo 10 gramas 1,35
Neomicina (Sulfato) + Bacitracina (Zíncica) 5mg + 250ui/g/pom. Tubo 15 gramas 2,02
N|ifedipina 20mg/cop.lib.cont. Comprimido 0
Nistatina 25.000 UI/crem. Vaginal Tubo 60 gramas 2,28
Nistatina 25.000 UI/crem. Vaginal Tubo 50 gramas 1,9
Nistatina 100.000 UI/mL/ susp. Oral Frasco 30 mL 3,62
Noretisterona 0,35mg/comp. Cartela c/ 35 comprimidos 0,5
Omeprazol 20mg/cáps. Cápsula 0,23
Paracetamol 500mg/comp. Comprimido 0,09
Paracetamol 200mg/mL/sol. Oral gts Frasco 10 mL 0,85
Paracetamol 200mg/mL/sol. Oral gts Frasco 15 mL 1,27
Paracetamol 100mg/mL/sol. oral gts. Frasco 10 mL 0,7
Paracetamol 100mg/mL/sol. oral gts. Frasco 15 mL 1
Prednisona 20mg/comp. Comprimido 0,18
Prednisona 5mg/comp. Comprimido 0,08
Prometazina (Cloridrato) 25mg/comp. Comprimido 0,12
Propranolol (Cloridrato) 40mg/comp. Comprimido 0
Ranitidina 150mg/comp. Comprimido 0,12
Sais p/ Reidratação Oral pó p/sol. Oral Envelope 27,9 gramas 0,6
Salbutamol (Sulfato) 2mg/comp. Sulcado Comprimido 0,04  
Salbutamol (Sulfato) 2mg/5mL/xpe. Frasco 120 mL 1,15  
Salbutamol (Sulfato) 2mg/5mL/xpe. Frasco 125 mL 1,2  
Sinvastatina 20mg/comp. Comprimido 0,38  
Sulfametoxazol + Trimetoprima 400mg + 80mg/comp. Comprimido 0,08  
Sulfametoxazol + Trimetoprima 200mg + 40mg/5mL/susp. Oral Frasco 50 mL 1,45  
Sulfametoxazol + Trimetoprima 200mg + 40mg/5mL/susp. Oral Frasco 60 mL 1,74  
Sulfametoxazol + Trimetoprima 200mg + 40mg/5mL/susp. Oral Frasco 100 mL 2,9  
Sulfasalazina 500mg/comp. Comprimido 0,4  
Sulfato Ferroso 40mg Fe(II)/comp. rev. Comprimido 0,04  
Sulfato Ferroso 25mg/mL Fe(II)/sol. Oral Frasco 30 mL 0,75  
Tiabendazol 5%/pom. Tubo 20 gramas 2,89  
Valproato de Sódio 50mg/mL/xpe. Frasco 100 mL 4,05  
Verapamila (Cloridrato) 80mg/comp. Comprimido 0  
Preservativo Masculino   unidade 0,3  

Leia Mais

Programa Aqui tem Farmácia Popular – Unidades

Unidades do Programa Aqui tem Farmácia Popular

Recentemente, o Ministério da Saúde criou o programa Saúde não tem Preço juntamente com o Farmácia Popular que já vem beneficiando milhões de brasileiros em todo o território nacional. Hoje você vai poder conhecer um pouco mais sobre esse programa e todos os benefícios que o mesmo oferece.

Aqui-tem-Farmácia-Popular-300x190

O programa Farmácia Popular, que foi criado no ano de 2004 com um bom número de unidades próprias espalhados pelos estados brasileiros, surgiu para que a população pudesse ter fácil acesso a medicamentos de doenças mais comuns, como hipertensão e diabetes – doenças que, depois da criação da Farmácia Popular, passaram a ser prioridade no acesso a remédios grátis.

Em 2006, o programa que até então só existia nas unidades próprias, cresceu e se espalhou também paras as farmácias da rede privada, esse vínculo entre o governo e estabelecimentos de drogarias e farmácias passou a ser identificado com a mensagem “Aqui Tem Farmácia Popular”, que pode estar em um selo, cartaz ou uma placa dentro ou em frente à farmácia, indicando que naquela unidade o cidadão pode ter acesso a remédios com até 90% de desconto e gratuitos que o programa Farmácia Popular oferece.

Para que a drogaria seja uma conveniada, fazendo parte assim do Programa Farmácia Popular, com o selo do Programa Aqui tem Farmácia Popular, a unidade interessada deve acessar o site da Caixa Econômica Federal através desse link: www.caixa.gov.br/farmaciapopular, onde vai poder efetuar um pré-cadastro e, logo em seguida, completar o seu cadastro online. Depois de concluído esse cadastro eletrônico, o responsável da empresa, sob normas legais, deve se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima para apresentar a documentação que é solicitada por e-mail, previamente.

Após a validação da Caixa, a empresa encaminhará o cadastro à SCTIE Requerimento e Termo de Adesão – RTA que deverá ser assinado na agência, já sendo subscrito pelo proprietário, dirigente responsável ou mandatário legal com poderes suficientes para firmá-lo. Outros documentos exigidos são: Comprovante de Responsável Técnico, Alvará Sanitário, Original de Cupom Fiscal, além de Autorização de Emissor de Cupom Fiscal que deve ser emitida pela Secretaria de Fazenda Estadual, que será entregue na própria agência bancária. Assim, o estabelecimento passará a ser uma das unidades do Programa Aqui tem Farmácia Popular.

Existem muitas pessoas interessadas em participar deste programa, mas grande parte não sabe como funciona. Sintetizamos abaixo algumas informações sobre como participar do programa saúde não tem preço:

  • procure uma farmácia da rede Aqui tem Farmácia Popular;
  • leve o seu CPF, um documento com foto e uma receita médica válida da rede pública ou particular;
  • em todo Brasil são mais de 17 mil farmácias conveniadas com o programa.

Leia Mais

Farmácia da Gente Remédios – Endereços, Telefone

Farmácia da Gente Remédios

A Farmácia da Gente é um projeto desenvolvido pelo Fundo Social de Solidariedade do município de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, que tem como objetivo complementar o programa de distribuição gratuita de medicamentos da Secretaria Municipal de Saúde, além de orientar sobre o uso correto de cada medicamento, dos riscos de automedicação e da importância de tomar os medicamentos conforme prescrito pelos médicos.

O projeto Farmácia da Gente não comercializa nenhum medicamento: recebe os remédios através de doações da própria comunidade, de médicos e de distribuidoras de medicamentos. Todo o material recebido passa por uma triagem, sendo disponibilizado aos necessitados através de receitas médicas, comprovante de residência e documento pessoal.

farmacia-da-gente

Remédios Farmácia da Gente

Segundo a farmacêutica responsável pela Farmácia da Gente, o projeto distribui medicamentos de todos os tipos, para as mais diversas enfermidades, inclusive os medicamentos de alto custo, como os exigidos pelo mal de Alzheimer e esquizofrenia, por exemplo.

Entre os mais procurados estão os remédicos contra hipertensão, circulação, colesterol, triglicérides e outros, que as farmácias oferecem a preços muitas vezes inacessíveis a uma grande camada da população.

Grande parte dos medicamentos oferecidos pela Farmácia da Gente é provinda de doações feitas pela própria comunidade. Um medicamento que pode ficar muito tempo guardado, perdendo a validade, pode ser oferecido para atender as necessidades de alguém que dele esteja precisando.

A população é orientada para doar todo e qualquer medicamento que tenha sobrado de um tratamento antes do vencimento de sua validade, evitando que seja descartado de forma incorreta e que possa resolver os problemas de doença de outros que não têm possibilidade de adquiri-los em farmácias.

Os remédios oferecidos pela Farmácia da Gente não se limitam aos alopáticos, mas também aos fitoterápicos. Uma regra básica é que a Farmácia da Gente não entrega qualquer medicamento sem receita médica. O projeto foi criado para atendimento e correta distribuição de medicamentos para resolver problemas de saúde.

A Farmácia da Gente tem cumprido seu objetivo: no ano de 2014, foram 34,1 mil pessoas atendidas, num total de R$ 4,2 milhões de medicamentos distribuídos gratuitamente. O atendimento é feito a qualquer pessoa, sem distinção, desde pacientes do SUS, de planos de saúde e da rede particular. A maior quantidade de pessoas, no entanto, é composta por idosos e aposentados.

Entre os que se beneficiam da Farmácia da Gente, existem pessoas que economizaram mais de 2 mil reais em seu tratamento, mostrando que a iniciativa é válida e que poderia ser também assumida por outras prefeituras municipais, possibilitando o atendimento principalmente dos mais carentes.

Endereço Farmácia da Gente

A Farmácia da Gente, iniciativa da Prefeitura de Ribeirão Preto, atende na Rua Cerqueira César, 383, no centro da cidade. Esse também é o local onde são recebidas as doações e onde é feita a triagem para verificar a validade dos remédios. Para os cidadãos de Ribeirão Preto, o telefone da Farmácia da Gente para atendimento é 0800-772-7213.

Depois de divulgado o projeto Farmácia da Gente é de se esperar que a iniciativa também seja adotada por outras cidades do país.

Leia Mais

Lista de Remédios Gratuitos Pelo SUS

Remédios Gratuitos Pelo SUS

O governo federal através do Sistema Único de Saúde, oferece a todos os pacientes os medicamentos para o tratamento das doenças crônicas mais comuns como hipertensão, diabetes e anemia. Confira a seguir quais são os remédios grátis pelo SUS e saiba como você pode conseguir os mesmo.

remedios-gratuitos-sus

Os medicamentos gratuitos do SUS mais buscados são os que tratam problemas cardíacos, hipertensão e diabetes, analgésicos, antibióticos, contraceptivos e hipertireoidismo, seguidos por remédios para o tratamento de doenças respiratórias, como asma e bronquite.

Em cada unidade básica de saúde, há uma lista com os remédios gratuitos oferecidos pelo SUS, geralmente próxima a Farmácia. O governo atualiza a cada dois anos uma lista oficial de medicamentos do SUS, por meio da Relação Nacional de Medicamentos (Rename). A lista de remédios gratuitos pelo SUS atualmente está com mais de 800 itens.

É importante saber que destes remédios gratuitos, nem todos estão disponíveis em todos os municípios do país. Cada município possui sua própria lista, chamada Remume (Relação Municipal de Medicamentos).

Isto acontece porque o município disponibiliza a medicação conforme a demanda. Ou seja, ele só concede se houver uma procura que justifique a compra deste medicamento para a distribuição gratuita.

Para ter direito aos remédios gratuitos pelo SUS, basta levar uma receita médica, com o nome genérico do remédio, mesmo se a receita tiver sido emitida por um médico do setor privado, até  a farmácia na própria UBS, junto com o cartão do SUS e identidade.

No SUS, ainda é possível receber além dos remédios básicos, os medicamentos estratégicos, como para tratamento de tuberculose e AIDS, só é preciso ir com formulário médico em mãos e o cartão do SUS a uma Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM).

Para os casos mais raros ou remédios especiais, alguns remédios gratuitos são oferecidos mediante solicitação na farmácia de Alto Custo. Para isto, é preciso que o médico preencha um laudo especial, e em alguns estados, um formulário próprio.

Cada município tem uma lista diferenciada dos remédios de alto custo que pode disponibilizar de forma gratuita. O município também pode negar o fornecimento, se achar que o laudo não é valido. Os documentos necessários são:

Cartão do SUS, uma cópia do RG, o Laudo médico e o formulário (que o próprio médico tem), um comprovante de residência, a Receita Médica (geralmente a original e uma cópia). Você pode consultar no site da prefeitura de sua cidade os endereços das farmácias de alto custo.

lista-remedios-gratis-sus

Para consultar uma lista de remédios gratuitos oferecidos por estas farmácias (a nível  nacional, podendo mudar de um município para outro) pode acessar clicando a seguir: Remédios grátis SUS

Além da distribuição de remédios gratuitos pelo SUS, há outra forma de conseguir os medicamentos básicos gratuitamente, por meio de outro programa do governo o Programa Farmácia Popular do Brasil.

Este programa possui duas modalidades: uma é a Rede Própria e a outra é o Aqui Tem Farmácia Popular.

A Rede Própria possui unidades que funcionam em parceria com as prefeituras e o estado, e a lista de remédios possui mais de 110 itens disponíveis.

Você pode consultar a lista de remédios no link a seguir: Remédios Farmácia Popular

O Aqui Tem Farmácia Popular é uma parceria com farmácias e drogarias particulares que aderem ao Programa. A lista de remédios oferecidos não é a mesma nos dois casos. Neste caso, nem todos medicamentos são gratuitos, a lista dos remédios pode ser consultada no seguinte link: Aqui Tem Farmácia Popular

Dentre os remédios fornecidos de forma gratuita, estão os medicamentos para hipertensão, diabetes e asma. Os outros podem ser comprados com até 90 % de desconto.

Leia Mais